Tributação do Ganho de Capital da Pessoa Jurídica

Ganho de Capital na Venda de Imóveis Rurais
outubro 8, 2019
Casa na praia em Multipropriedade
fevereiro 18, 2020
Exibir tudo

Tributação do Ganho de Capital da Pessoa Jurídica

Ao contrário das pessoas físicas, as receitas auferidas na venda de imóveis pelas pessoas jurídicas não têm regime específico, sujeitando-se à tributação como receita operacional ou não operacional, dependendo do caso.

As regras aqui expostas levam em conta os imóveis adquiridos para o ativo permanente e posteriormente revendidos, contabilizados como ativo imobilizado ou estoque.

Tributação no Lucro Real

Para as empresas que apuram IRPJ pelo lucro real, a determinação do “lucro” levará em conta a contabilização da receita de venda do imóvel com a dedução de seus custos (no caso, o custo de aquisição do imóvel).

A alíquota do imposto de renda incidente sobre o lucro é de 15% (art. 625 do RIR/2018), com adicional de 10% sobre a “parcela do lucro real que exceder o valor resultante da multiplicação de vinte mil reais pelo número de meses do respectivo período de apuração”.

Baixe gratuitamente nosso ebook Compra e Venda de Imóveis
Guia pratico com orientações que lhe ajudaram durante a Compra e Venda de Imóveis. Clique aqui e receba em seu e-mail.

Além do IRPJ também serão devidos: 9% de Contribuição Social (CSLL); 1,65% de PIS; e 7,6% de COFINS. Caso o bem imóvel vendido esteja contabilizado no ativo imobilizado (por exemplo, estabelecimento de uma filial) ao invés do ativo circulante (estoque), haverá tributação como ganho de capital e não como receita operacional, sem incidência das contribuições ao PIS e à COFINS.

Tributação no Lucro Presumido

Já no lucro presumido, em que se presume um lucro a partir da aplicação de um percentual fixo incidente sobre a receita da atividade da empresa, para venda de imóveis registrados no estoque aplicam-se os coeficientes de presunção de lucro de 8% para o Imposto de Renda e 12% para a CSLL para a atividade imobiliária.

Somando-se as alíquotas de IRPJ (15% + adicional de 10%) e CSLL (9%) incidentes sobre a base presumida, com as alíquotas de PIS (0,65%) e COFINS (3%) incidentes sobre a receita de venda dos imóveis, é possível afirmar que a alíquota efetiva de tributação (IRPJ + CSLL + PIS + COFINS) será de aproximadamente 6,73% sobre o valor de venda, pouco importando o custo de aquisição do imóvel.

Assim, caso determinada empresa aufira receita bruta pela venda de bens imóveis (do estoque) no importe de R$10.000.000,00, deverá pagar valor próximo de R$673.000,00 de tributos.

Da mesma forma como ocorre para as pessoas jurídicas sujeitas ao regime do lucro real, no regime do lucro presumido, sujeito à sistemática cumulativa de apuração do PIS e da COFINS.

O que é Advocacia 4.0?
A “Advocacia 4.0” é uma forma de exercer a profissão com o apoio dos recursos tecnológicos existentes para executar serviços jurídicos com mais qualidade, menos custos e em menos tempo.

Caso o bem imóvel vendido esteja contabilizado no ativo imobilizado, haverá tributação como ganho de capital, sem incidência de PIS e COFINS, por previsão legal expressa.

Na hipótese acima, de venda do bem contabilizado no ativo imobilizado, é vedada a aplicação dos percentuais de presunção do lucro. Ou seja, a tributação incidirá sobre a diferença entre o valor de venda e o valor contábil do bem, às alíquotas de aproximadamente 25% (15% + 10%) para o IRPJ e 9% para a CSLL.

Em linhas gerais, a tributação pelo lucro presumido é a mais adotada pelas empresas do ramo.

Confira mais sobre esse e outros assuntos jurídicos em nosso blog: macenaadvocacia.com.br/blog

Mídias Sociais

Aproveite e siga nosso InstagramFacebook e LinkedIn.

#macenaadvocacia | macenaadvocacia.com.br

Assessoria Jurídica no ramo Imobiliário
São muitos fatores importantes a serem levados em conta na hora de fazer negócios imobiliários, por isso uma assessoria jurídica é fundamental, saiba mais sobre esse serviço que prestamos, clique aqui.

Robinson Macena
Robinson Macena
O escritório Macena Advocacia, está focado nas relações do Direito Negocial, Direito Ambiental e Planejamento Tributário.